SOBERANO GRANDE COMENDADOR

O Soberano Grande Comendador é o Chefe do Rito dentro da Jurisdição do Supremo Conselho e, auxiliado pelo Santo Império, supervisiona, instrui e administra o Rito.

Dentre suas atribuições podemos citar:

- Representar o Supremo Conselho nos atos litúrgicos e sociaos, assim como em juízo ou fora dele.
- Presidir as reuniões do Supremo Conselho e do Santo império, bem como qualquer Oficina Litúrgica de sua jurisdição.
- Prover qualquer cargo vago do Supremo Conselho e do Santo império.
- Nomear os presidentes dos Corpos Subordinados.
- Apresentar, ao final de cada exercício anual, relatório dos trabalhos administrativos e das atividades do Supremo Conselho
- Praticar, enfim, todos os atos da administração, tomando medidas que considere convenientes à boa consecução de seus objetivos fundamentais e resolver sobre os casos omissos "ad referendum" do Santo Império.

LUGAR-TENENTE COMENDADOR

Compete ao Lugar-Tenente Comendador:

- Substituir o Soberano Grande Comendador em seus impedimentos, assumindo as respectivas atribuições.
- Exercer, extraordináriamente, outras atribuições desiginadas por ato do Soberano Grande Comendador.

GRANDE CHANCELER

Compete ao Grande Chanceler:

- Substituir, na presidência das sessões, o Soberano Grande Comendador e o Lugar-Tenente Comendador em seus impedimentos.
- Elaborar e assinar os certificados, brevês, patentes e demais documentos, supervisionar o registro dos obreiros e Oficinas da jurisdição.
- Coordenar a edição do Boletim do Supremo Conselho, coligindo os atos oficiais e outras matérias que devam ser publicadas.
- Zelar pela integridade dos Rituais de todos os Graus e Especiais.

GRANDE MINISTRO DE ESTADO

O Grande Ministro de Estado é o guarda da lei e o Chefe do Ministério Público da Jurisdição do Supremo Conselho a ele compete:

- Zelar pelo fiel cumprimento das leis e regulamentos do Rito, bem como dos atos e decisões dos Santo Império.
- Opinar antes da votação, sobre todos os assuntos submetidos à decisão do Supremo Conselho e do Santo Império.
- Denuciar de ofício qualquer obreiro ou Oficina da jurisdição do Rito por infração às disposições legais e disciplinares, oficiando em todos os atos do processo até a decisão final
- Receber as queixas ou representações promovidas perante o Supremo Conselho contra obreiros ou Oficinas Litúrgicas, oferecendo denúncia ou indicando o que for de direito.

GRANDE SECRETÁRIO DE ADMINISTRAÇÃO

Ao Grande Secretário de Administração compete:

- Receber, protocolar e encaminhar as correspondências, além de ser o responsável por toda a tramitação de documentos do Supremo Conselho.
- Preparar o expediente para as sessões e lavrar as respectivas atas.
- Fazer convocações para as sessões do Supremo Conselho e do Santo Império.
- Assinar os documentos com os demais Membros autorizados.
- Responder às consultas formuladas pelas Delegacias e Oficinas Litúrgicas.
- Divulgar as decisões do Supremo Conselho e do Santo Império, bem como os atos e decretos do Soberano Grande Comendador.
- Coordenar todo o expediente da Grande Secretaria.

GRANDE SECRETÁRIO DE FINANÇAS

São atribuições do Grande Secretário de Finanças:

- Ter sob sua guarda os valores recebidos pelo Supremo Conselho, podendo conservar na Tesouraria a importância suficiente ao atendimento das despesas imediatas.
- Depositar em estabelecimento de crédito idôneo os valores do Supremo Conselho.
- Receber numerário e efetuar pagamentos devidos.
- Registrar em livro próprio, devidamente autenticado na repartição competente, as receitas e despesas do Supremo Conselho, bem como apresentar balancete semestral e balanço geral ao término de cada exercício.
- Elaborar e apresentar à aprovação do Santo Império a previsão orçamentária para o exercício seguinte.

GRANDE SECRETÁRIO DE RELAÇÕES EXTERIORES

Ao Grande Secretário das Relações Exteriores compete:

- Manter as comunicações com as potências maçônicas estrangeiras, diretamente ou por intermédio dos Garantes de Amizade, e coligir informes concernentes à atualização dos negócios internacionais do Rito.
- Representar o Soberano Grande Comendador perante potências maçônicas estrangeiras, bem como referendar os tratados e acordos firmados com aquelas potências.
- Responder às consultas e solicitações dirigidas ao Supremo Conselho por maçons, corpos ou potências estrangeiras regulares, submetendo-as, previamente, ao Soberano Grande Comendador para aprovação.
- Organizar e manter atualizado o registro especial dos assuntos de seu cargo.

GRANDE SECRETÁRIO DE RELAÇÕES INTERIORES

Ao Grande Secretário de Relações Interiores compete:

- Manter comunicação com as potências maçônicas regulares localizadas no território nacional em matéria de interesse do Supremo Conselho.
- Manter informado o Soberano Grande Comendador, para as medidas pertinentes, sobre assuntos relativos ao Rito, objeto de atos ou eventos realizados pelas entidades maçônicas do País.
- Cuidar da representação do Soberano Grande Comendador em sessões ou simpósios promovidos por entidades maçônicas ou não, quando convidado o Supremo Conselho.

GRANDE SECRETÁRIO DE COMUNICAÇÃO

Ao Grande Secretário de Comunicação compete:

- Promover pesquisa e atividades de comunicação social no meio maçônico e profano, em consonância com os demais setores administrativos.
- Assessorar o Soberano Grande Comendador nos atos de representação do Supremo Conselho em eventos para os quais for convidado, organizando ou orientando o respectivo cerimonial.
- Exercer supervisão e/ou elaboração de mídias informativas e culturais do Supremo Conselho.
- Coordenar e controlar a divulgação das ações das políticas administrativas e políticas do Supremo Conselho Através de campanhas publicitárias.
- Coordenar e controlar a divulgação das atividades do Supremo Conselho, através da redação de notícias para utilização por jornais, revistas, rádios, televisões, reportagens e vídeo.

GRANDE SECRETÁRIO DE CULTURA

Compete ao Grande Secretário de Cultura:

- Promover pesquisa e atividades culturais de ordem maçônica e profana, tendo em vista o aperfeiçoamento de todos os maçons escocêses.
- Prover e zelar pelo acervo bibliográfico, bem como recolher e classificar os documentos de importância histórica.
- Elaborar instruções destinadas aos obreiros das diversas Oficinas do Rito, submetendo-os ao Grande Chanceler.
- Realizar a proteção, vigilância, restauração, manutenção e conservação da memória e do patrimônio histórico e cultural do Supremo Conselho.
- Promover a análise de informações estratégicas e a gestão do conhecimento e da informação, no âmbito das atividades de competência do Supremo Conselho.